Dois irmãos e um sonho em comum: ver a natureza renascer em meio à sua cidade natal, onde vivem até hoje. E foi utilizando as próprias mãos que Khalil e Miguel Axcar juntaram as primeiras mudas de árvores, colocaram-nas no porta-malas de seus carros, arrumaram algumas ferramentas e fizeram as sementes de uma ideia começar a germinar. Assim surgiu o Fruto Urbano, um projeto composto apenas por voluntários que, assim como os irmãos Axcar, anseiam ver suas cidades cada vez mais arborizada. O nome Fruto Urbano tem exata relação com seu propósito: fazer o meio urbano dar frutos, em seu sentido literal. É por isso que o projeto tem o objetivo de plantar mudas de árvores frutíferas nos espaços urbanos coletivos, podendo proporcionar uma redução do calor através das sombras das folhagens, a oferta de frutas regionais às comunidades e a colaboração para o desenvolvimento de um meio ambiente que favoreça o crescimento do número de aves em meio à cidade.

Embora o Fruto Urbano tenha nascido em Bauru, o intuito dos fundadores do projeto é expandir essa ideia pelo Brasil todo. “Queremos inspirar indivíduos e grupos de pessoas a plantarem árvores em suas cidades. Os resultados já alcançados estão além das nossas expectativas iniciais, e estamos neste momento trabalhando duro, para no futuro sermos capazes de além de incentivar conseguir também financiar plantios de mudas frutíferas por todo o país“, comenta Miguel Axcar, um dos fundadores do Fruto Urbano.

11350910_761180307325291_7264898997240406553_n
12039136_761195687323753_1534310423326270171_o

Desde seus primeiros passos, o projeto foi colocado em prática com base em um documento genérico, que foi desenvolvido e colocado no papel para ser replicado em outras localidades do Brasil. O arquivo em questão foi criado a partir da premissa inicial do Fruto Urbano, que é a mobilização das comunidades em prol de uma causa socialmente relevante, através da criação de núcleos autônomos de trabalho, conectados entre si.  Até o momento, quatro municípios já possuem núcleos do Fruto Urbano, além de mais de 20 coletivos em formação e muitos projetos independentes em todo Brasil que utilizam a metodologia desenvolvida pelo projeto.

Hoje, o Fruto Urbano conta com o apoio do Instituto Soma, das prefeituras em municípios onde atuam e algumas empresas, que além de apoio material em dinheiro são responsáveis por fornecer os lanches que são servidos aos plantadores nos dias de plantio coletivo. Sem contar que o projeto já conta com o auxílio de voluntários em várias áreas do conhecimento. E foi com um mesmo propósito em mente e com muito engajamento que os membros da equipe Fruto Urbano, em parceria com a população, conseguiram realizar o plantio de milhares de mudas de árvores frutíferas e estimular ações similares em outras cidades.

Além dos benefícios mais explícitos proporcionados pela arborização do meio urbano, como a oferta de sombra e alimento, é preciso ressaltar outros privilégios recebidos pelos plantadores voluntários e pelas comunidades nas quais são realizados os plantios coletivos.

Em meio às dezenas de pessoas reunidas em um mesmo local, abaixadas e com as mãos na terra, muitas vezes sob o sol quente, os membros do Fruto Urbano ensinam algumas técnicas de plantio a quem não tem experiência prévia. E aos pais, tios e avôs, é extremamente recomendado que levem seus pequenos. Ensinar uma criança a plantar árvores é uma das melhores formas de ensiná-la a conciliar diversão, cidadania e gratidão.

Em algumas palavras, o professor Alex Cardoso dá ainda um significado além para o projeto: oportunidade de socialização e criação de empatia para com o próximo e a natureza.

É muito gratificante ver como os adultos e crianças aproveitam o café da manhã servido aos apoiadores. De fato o projeto é uma bela iniciativa! Minha família se sentiu muito acolhida e eu só tenho a agradecer pelo carinho dos participantes com os meus filhos”, comenta Alex.

Embora o Fruto Urbano tenha sido recebido de braços abertos pela população de Bauru, o grupo sonha mais alto e pretende iniciar a expansão e a profissionalização do projeto, que inclui a construção de um viveiro permanente para auxiliar nos plantios coletivos em outras cidades, melhoria na qualidade técnica dos plantios e avanço na área logística. Entretanto, o próximo passo para essas metas serem concretizadas, é conseguir angariar mais recursos materiais, uma vez que, atualmente, o Fruto Urbano conta com um número insuficiente de patrocinadores. “Pessoas de muitas cidades e estados vêm nos procurar pedindo apoio para outros plantios coletivos, mas hoje, com o projeto contando com alguns apoios e financiado por nós, muitas vezes é difícil organizar o plantio até mesmo aqui, em Bauru“, lamenta Khalil Axcar. Mas mesmo assim, o otimismo e a persistência não deixam de ser as ‘palavras-chave’ do Fruto Urbano. “Temos um longo trabalho pela frente, um país inteiro para reflorestar e milhares de cidades para arborizar, mas o importante é que já começamos“, finaliza Miguel.

Lenine apoia o Fruto Urbano!

Fale com os fundadores

Quer mandar o seu alô? Compartilha os ideais do Fruto Urbano? Deseja contribuir de alguma forma? Entre em contato com os fundadores do projeto:

Khalil Axcar
khalil@frutourbano.org.br
14 9 8806 6727

Miguel Axcar
miguel@frutourbano.org.br
14 9 9159 3834

Como usamos as doações / do que precisamos

  • Alimentos para lanche no plantio coletivo para os participantes da comunidade, muitas vezes carentes;
  • Mudas de árvores nativas frutíferas, quando o projeto não consegue adquirir no viveiro municipal;
  • Protetores de mudas, como protetores metálicos, estacas e tutores de madeira;
  • Insumos agrícolas orgânicos, como esterco, terra vegetal e fertilizantes;
  • Apoio no transporte, para o viveiro, quando o Fruto Urbano compra ou recebe as mudas, e para os locais agendados nos dias dos plantios coletivos.
  • Ferramentas – cavadeiras profissionais, enxadas, pás, entre outras.
  • Materiais gráficos para conscientização e mobilização da comunidade – cartazes, panfletos, entre outros.
  • Materiais de divulgação – outdoors, banners, adesivos, camisetas.

Outras forma de apoiar o Fruto Urbano

Plantando conosco – acesse nossa fanpage no Facebook (www.facebook.com/frutourbano/events) e procure o próximo plantio coletivo na sua cidade. Se ainda não houver plantios agendados em sua cidade e quiser organizar um por aí, entre em contato.

Plantando uma árvore – plante uma árvore em sua cidade, de preferência frutífera, e compartilhe a foto ou vídeo conosco, contando como foi a experiência – sua ação irá ajudar muito a natureza, além de inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo.

Trabalhando como voluntário – que tal usar seus conhecimentos pra ajudar a natureza? Precisamos de apoio em muitas áreas, como comunicação, botânica, design, tecnologia, entre outras. Bora mudar o mundo com a gente!

Fundando um coletivo em sua cidade – que tal fundar um coletivo do Fruto Urbano em sua cidade? Podemos apoiá-los em tudo que sabemos, algumas mudas, recursos materiais, etc.
Cartilha com algumas informações preliminares: http://goo.gl/8qq9q5

Sendo apoiador – precisamos de apoio pra ir mais longe, fundar mais coletivos e espalhar essa ideia por todo Brasil. Os recursos são utilizados com despesas administrativas, compra de insumos, ferramentas, mudas frutíferas, etc e também para materiais de divulgação, campanhas online, ferramentas digitais, etc. Ajude o Fruto Urbano a mudar nossas cidades!

Para depósito bancário utilize a seguinte conta:

Instituto Fruto Urbano
CNPJ 26.474.803/0001-71
Banco do Brasil 001
Agência: 0037-X
Conta corrente: 70556-X

Após o depósito entre em contato via e-mail informando seu endereço e receba adesivos exclusivos de apoiador!

Para ser uma empresa apoiadora entre em contato conosco via e-mail – contato@frutourbano.org.br

Ou clique no botão e doe agora:





DOAÇÕES CORPORATIVAS

Somos uma associação sem fins lucrativos, e aceitamos doações de pessoas físicas e jurídicas, e oferecemos a possibilidade de renúncia fiscal até 80% para empresas que trabalhem com lucro presumido. Entre em contato para maiores informações via e-mail contato@frutourbano.org.br

Galeria de fotos

Leia nossa carta de intenções

A missão do Fruto Urbano é melhorar a vida das pessoas transformando as cidades em um lugar melhor, e ficamos muito felizes em já estar conseguindo colher muitos resultados interessantes e participar ativamente dessa construção.

Somos um projeto independente, de apoiadores voluntários maravilhosos comprometidos com o futuro do planeta e todas as formas de vida. Trabalhamos inspirando a mudança da relação ser humano-natureza, ao mesmo tempo que entendemos o homem como parte da natureza.

Vivemos numa sociedade que gera riqueza para poucos, miséria para muitos e degradação ambiental para todos, pondo em risco, inclusive, a própria sobrevivência do planeta, e neste sentido o Fruto Urbano planta perto de 5000 árvores nativas frutíferas por ano, em nossos coletivos que já funcionam em Bauru, Duartina, Piratininga e Agudos.
Temos ainda mais de 20 coletivos do Fruto Urbano em formação e muitos projetos o independentes em todo Brasil que usam a metodologia que desenvolvemos. (https://goo.gl/4dVe5t – http://goo.gl/0Cpofz)

Queremos cidades onde todas as pessoas (incluindo a periferia, que nunca está no centro da agenda das administrações municipais) também tenham acesso a parques, bosques e pomares públicos – a natureza no contexto urbano é muito importante na melhoria da qualidade vida, diminuição do stress, redução da poluição e para usos como lazer, realização de exercícios físicos ao ar livre, etc. Queremos uma cidade onde a natureza é um componente prioritário, e não tratada como mercadoria, como moeda de troca e especulação.

O Fruto Urbano defende que a gestão dos recursos naturais seja feita de forma coletiva, participativa, democrática, pensando nas gerações futuras. Questionamos os padrões culturais de consumo que são condicionados pelo modo de produção, consumindo recursos naturais e gerando lixo, pois a qualidade de vida do ser humano não pode ser reduzida ao consumo de bens materiais.

Somos apartidários, e tem nosso apoio os projetos que priorizem a proteção dos recursos naturais, os projetos que protejam nossos recursos hídricos, nossos mananciais, nossos minúsculos recortes de mata nativa remanescente, nossos fundos de vales, nossa fauna. Apoiaremos também iniciativas que priorizem o transporte coletivo sobre o individual, as ciclovias, o uso de combustíveis menos poluentes, projetos de legislação municipal para redução ou reciclagem do lixo urbano, redução do consumo de embalagens, entre outras propostas.